sexta-feira, 25 de maio de 2012

Textos esquecidos (II)

Quando comecei este blog, importei textos de meu blog anterior para que os incautos que passassem por aqui tivessem noção das bobagens que já escrevi. Só que nem todos os textos que importei foram aproveitados. Na verdade, no máximo uns 40% foram aproveitados. Os textos diarinho não foram aprovados no teste do tempo e se tornaram simplesmente chatos, dramáticos, berros de uma adolescência cheia de relutâncias para com o mundo e extremos que não faço questão de lembrar. Mas volta e meia me deparo com um ou outro que talvez merecesse uma republicação tardia. Eu disse talvez. A quem interessar possa, esse é um desses textos.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Mundo bizarro: habilidades sobrehumanas

Teve um texto ano passado em que soltei a imaginação para ponderar como seria um hipotético Mundo Bizarro, onde tudo é rigorosamente o contrário ao nosso. Como rolava com o Super-homem. Após escrever o texto, recebi um instigante desafio nos comentários. Como seria o mundo onde as pessoas teriam habilidades sobrehumanas? A princípio, respondi lá mesmo que Stan Lee chegou antes de mim, e mandou muito bem: ele ganha milhões com sua imaginação há décadas! Mas deixarei aqui minha humilde contribuição a essa ideia proposta por Mr. Poneis, fiel leitor deste beco de ideias virtual. Vamos lá.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

A realidade sempre supera a ficção

Neste post aqui, dei uma sugestão de uma invenção, a ignição de carro ativada por peso. E não é que tem japonês inventando isso? Vejam essa notícia do Estadão. Agora posso morrer em paz sabendo que, como todo visionário, morrerei pobre e fudido, esquecido pelas pessoas de meu tempo.

Quero meus royalties, viu, galera?